quarta-feira, 31 de março de 2010

Palavras do Gen Ex HELENO

Palavras do Gen Ex HELENO, por ocasião da passagem de função, do Gen VILELA para o Gen FACIOLI, no dia 30 de março, no QGEx, em Brasília.


“ANTES DE CUMPRIR O SCRIPT GOSTARIA DE APROVEITAR O MOMENTO E A DATA PARA REVERENCIAR OS COMPANHEIROS QUE AJUDARAM A DERROTAR A LUTA ARMADA E IMPEDIRAM QUE O BRASIL SEGUISSE O EXEMPLO DE CUBA, DA CORÉIA DO NORTE, DE ANGOLA, DA ALBÂNIA E DA UNIÃO SOVIÉTICA.

HOJE, FORA DO CONTEXTO, É FÁCIL FALAR SOBRE ABUSOS NA LUTA CONTRA A SUBVERSÃO.

COMO DEVERIAM TER AGIDO AS FORÇAS LEGAIS ?

NA COLÔMBIA, “COINCIDENTEMENTE”, A GUERRA SUBVERSIVA SE INICIOU À MESMA ÉPOCA DA QUE AQUI ECLODIU.

QUANDO SURGIRAM OS PRIMEIROS FOCOS DE GUERILHA, O ESTADO COLOMBIANO VACILOU EM TOMAR DECISÕES DURAS.

O RESULTADO SÃO MAIS DE 40 ANOS DE GUERRA CIVIL,QUASE 50.000 MORTOS, QUASE 200 VEZES MAIS DO QUE AQUI.

SAIBAM, OS QUE NOS CONDENAM, MUITOS DELES EX-TERRORISTAS E EX-GUERRILHEIROS, HOJE OCUPANDO ALTOS POSTOS DA REPÚBLICA, E QUE JAMAIS DEFENDERAM IDEAIS DEMOCRÁTICOS, QUE NOSSA PAZ TEVE UM PREÇO. ELA É UM LEGADO DAQUELES QUE CUMPRIRAM SUA MISSÃO E NÃO FUGIRAM AO DEVER, NEM À LUTA.“

terça-feira, 30 de março de 2010

Aula Excelente de Míriam Leitão no Ternuma para Você

Míriam Leitão.

Diversos

Portal

O Globo, 27 Mar

Míriam Leitão

Felizes, separados



O presidente Lula não gosta de nós. Que boa notícia. Perigoso seria se o presidente achasse que a imprensa brasileira faz exatamente o que ele quer e dá apenas a sua visão dos fatos. Imagine que monótono seria se todos os meios de comunicação se contentassem em registrar as avaliações do governo sobre suas próprias ações, se Lula jamais fosse criticado, se ninguém tivesse dúvidas.

Deve ser assim a imprensa chinesa, aquele país onde até um site de busca tem que ser censurado, porque nem os fatos passados, há 21 anos, podem ser contados como eles foram, como o massacre da Praça da Paz Celestial. Com uma imprensa assim sonha Hugo Chávez quando fecha TVs, persegue jornais, prende jornalistas, opositores e quer controlar a internet. Foi assim, absolutamente do gosto dos governantes, os tempos soviéticos do "Pravda" e da Agência Tass. Em Cuba, ainda é assim. Fidel Castro não tem reclamações do "Gramma", e jornalista cubano que pensa diferente está na cadeia, fazendo greve de fome, ou se arriscando nas mídias sociais. Na Coreia do Norte, então, a imprensa deve ser considerada pelo governo como de muito boa fé porque nada diz de diferente. Aqui, os governos continuarão contrariados, felizmente. O principal candidato de oposição, José Serra, também faz críticas à imprensa. Que boa notícia.

Aqui, o governo Lula tentou duas vezes criar mecanismos de controle da imprensa, como agências e conselhos. Volta a tentar agora, mas a sociedade tem solenemente enfrentado qualquer tentativa em transformar seu desgosto com a imprensa em lei coercitiva.

O governo investiu muito em ampliar a imprensa oficial. Deveria ficar contente com ela porque a versão oficial dos fatos está tendo ampla divulgação. Por alguma razão isso não o satisfaz e quer esse mesmo enfoque nos órgãos de comunicação não governamentais.

A esta altura, aos 40 minutos do segundo tempo, do seu período de oito anos no governo, Lula ainda reclama da imprensa com acusações feitas como "má fé". Tudo bem, como a imprensa é livre, e ele tem direito à sua opinião a respeito da imprensa, os jornais registram a crítica, com destaque, toda vez que ele a faz. Ele tem uma predileção por escalar o tom de voz em períodos eleitorais. Coincidência, certamente.



Lula disse uma frase brilhante, ao falar mal da imprensa. É assim:

- A mim, não me importa que fiquem incomodados, porque eu ficaria incomodado se o contrário acontecesse - disse Lula.

Está aí um ponto de concordância; um texto que pode ser subscrito por quem pensa o oposto do que ele pensa. Seria de incomodar a imprensa também, se ela jamais incomodasse o governo.

A crítica de que a imprensa tem predileção por noticiar a "desgraça" já não tem o mesmo brilhantismo; não é inédita e é antiga. Os jornalistas têm até respostas prontas para ela: se tudo acontece como o previsto, não rende mais do que uma linha no jornal, poucos segundos na TV, e não completa nem os 140 toques do twitter; se há alguma descontinuidade, inesperado, espanto, aí sim é notícia. É da natureza do nosso elemento, o inesperado. Às vezes, pode ser o bom imprevisto. Ao contrário do que o presidente imagina, ele já ocupou páginas e páginas do jornal com o bom espanto. Por exemplo, quantas vezes foi dito que, ao contrário de tantas previsões, seu governo manteve a defesa da estabilidade da moeda? Notícia boa. Inesperada. É que durante tantos anos os programas do PT e os discursos do então candidato Lula falaram contra as bases da estabilização da moeda, que temia-se pelo seu desempenho nesta área.

O presidente Lula tem medo de que daqui a 30 anos os estudantes estejam estudando "mentiras" registradas pelo que ele chamou de "tabloides" de hoje. O presidente deve ficar tranquilo quanto a isso. A história costuma depurar eventuais excessos, confrontar dados, revisitar os fatos. Até porque há versões diferentes em cada jornal. Dentro de um mesmo órgão há, frequentemente, artigos que são diferentes das matérias, que divergem dos editoriais. Liberdade produz essa diversidade. A imprensa comete erros, e se corrige ou publica a opinião de quem se sente atingido. E o leitor, telespectador, ouvinte, vai formando a sua opinião ao confrontar esses dados e informações diferentes.

O presidente Lula disse ainda que se os jornais "não querem saber por seus olhos, poderiam saber pelas pesquisas de opinião pública". Essa ideia é péssima. Imagina se a imprensa se guiasse no noticiário pelas pesquisas de opinião sobre o governante? Seria uma espécie de jornalismo pró-cíclico: notícias boas quando a popularidade do governante é alta; notícia ruim quando a popularidade é baixa. É melhor deixar tudo separado: notícia e pesquisa de opinião.
O que é condenável nas críticas do presidente Lula à imprensa é a reiterada e infundada acusação de preconceito. Esse ponto faz mal ao país como um todo. Cada vez que ele se diz perseguido pelos "letrados", por não ser um "letrado", pode estar incentivando um jovem, que o admira, a deixar os livros de lado. E sem os livros o Brasil não vai realizar nossos sonhos comuns de progresso. Esta semana um empresário de tecnologia da informação me disse, numa entrevista, que para ser um bom funcionário dessa indústria não basta ser hábil em todos os equipamentos de informática. É preciso ter capacidade de concentração. Os livros são o grande aliado neste treino. No mais, o presidente deve fazer sempre que quiser seu "desabafo", como disse, contra a imprensa. Se ficar combinado, de que ele não irá além das palavras.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Veja por que Lula está acabando com Exército Brasileiro?


Ternuma- Bsb

Portal


A Brigada de “Operações Burocráticas”

Ternuma Regional Brasília

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

A recente investida do Ministro da Defesa em ampliar sua equipe de “estrategos” vai ao galope de encontro do “Estado Grande e Boçal” preconizado pelo petismo e abençoado pela candidata Dilma.

O Ministério da Defesa conta hoje com 931 cargos de DAS e prevê a criação de 647 novos cargos de confiança na estrutura do Ministério da Defesa. São os chamados de Direção e Assessoramento Superior (DAS), vagas de livre escolha do Ministro, sem concurso.

Na prática, constatamos que o Ministro e o Ministério incham, enquanto as Forças Singulares mínguam,... conforme o planejado.

De acordo com o renomado jornalista Alexandre Garcia:

A melhor maneira de derrotar um exército, sem precisar dar um tiro, é cortar-lhe os suprimentos.

O Exército Brasileiro já recebeu 80 mil recrutas por ano. Hoje recebe metade disso. Por ano, apresentam-se 1.300.000 jovens. Já imaginaram se houvesse recursos para incorporar todos? Um exército de tremendo poder de dissuasão. E, mais do que isso, 1.300.000 jovens das classes mais pobres fora das ruas, das drogas, com três refeições por dia, preparo físico, assistência médica e dentária, aprendendo civismo, disciplina, obediência às leis e à autoridade e aprendendo uma profissão? Seria o maior programa social do país”.

Mas, enquanto isso, o dia - a - dia nas casernas é o de economia de guerra, menos tropas, menos recursos, meio – expediente, menos manobras, menos profissionalismo, menos nacionalismo, menos vergonha, no entanto, muito mais Ministério da Defesa, com muito mais “assessores”.

Forças menos aptas, com menor capacidade de atuação, com autoridades militares desprestigiadas, e um vaidoso à frente, fardado, grandiloqüente, cercado por janízaros e com poderes de vida e morte sobre a carreira dos profissionais. Um todo poderoso, temível, terrível,... conforme planejado na END.

Esta é a triste história das Instituições Militares Permanentes, soterradas na falta de respeito ao seu glorioso passado, e que na atualidade são o trampolim para vaidades e cabides de emprego.

Aos poucos, a pequena parcela da população que era inoculada com os valores e as virtudes militares foi escasseando e, assim, perde o Estamento Militar um tímido e cada vez mais restrito testemunho de sua excelência. A caserna, independente do grau hierárquico de seus integrantes, despertava naqueles jovens padrões de excelência de reconhecida valia para a sua formação e vivência.

Contudo, não satisfeitos com a subserviência das autoridades militares, empolgados com a pusilanimidade percebida, seguem em frente, até quando, nem o “magnânimo molusco” sabe, pois o céu é o limite.

O segmento militar pode não ter recursos mínimos para uma sobrevivência decente, mas, certamente, o Ministério os terá para pagar os vencimentos da sua “Brigada de Burocratas”.

A medida é politicamente correta uma vez que muitos reclamavam que a sociedade civil estava desligada dos assuntos militares.


De acordo com o tenebroso gerente da defesa, mais vale um “aspone na mão do que um bando de soldados rastejando no campo”.


Dito isso, virou as costas, e foi – se.

Brasília, DF, 25 de março de 2010


(confiram no site http://www.ternuma.com.br/)

(Foto colocada por este blog).

domingo, 28 de março de 2010

FREUD (Sigmund Freud) deve estar no túmulo morrendo de rir

KAKAKAKA
O pai da psicanálise, Sigmund Freud, morreria de rir ao assistir o Lula filosofar nesse vídeo. Lula mistura alhos com bugálhos, farinha com fubá e faz um xarope delirante que leva os psicanalistas ao hilariante mundo do riso.

Lula não pensa em metáfora e nem em fuguras de linguagem, Lula usa a palavra direta na cabeça kakakakkakakakakakak.
Assita o vídeo e ria bastante:


(Para ouvir melhor o som do vídeo, clique com o direito do mouse na rádio CBN à esquerda, no alto da página, e clique em parar.)

sábado, 27 de março de 2010

Vídio Incrível. A Verdade Atualizada.

VÍDEO QUE NUNCA FOI AO AR.

INRÍVEL ABAFAMENTO DESSE IMPORTANTE DISCRUSO AINDA ESTÁ PARA SE DESCOBRIR QUEM O ABAFOU, NA ÉPOCA, E POR QUE ABAFOU?

CLIQUE COM O DIREITO DO MOUSE NA RÁDIO "CBN" NO ALTO DA PÁGINA, À ESQUEDA, E CLIQUE EM PARAR PARA VOCÊ OUVIR TRANQÜILO O SOM DO VÍDEO.

sexta-feira, 26 de março de 2010

www.mobilizapsdb.org.com


http://www.mobilizapsdb.org.com/




É necessário e importante a divulgação da ficha criminal da Estela Housseff, (FOTO) que hoje é conhecida como DILMA HOUSSEFF MINISTRA DA CASA CIVIL. Na internet tem um acervo riquíssimo de documentos sobre os assaltos a Bancos e de Quartéis, além do assalto à casa do Governador de São Paulo o Ademar de Barros no dia 18 de julho de 1969. Roubou muito e comandou bando de assaltantes, e ela não pode negar. Se ela negar, as autoridades que possuem os registram REAGIRÃO, imediatamente.

A Lei da Anistia não dá direito à Estela (dilma housseff) de negar a verdade ou de mentir.

É necessário xerocar e distribuir para A garotada que irá votar em outubro, pois a maioria dos eleitores brasileiros não sabem que muitos desses "fora da Lei" estão no Governo e querem se reeleger. A DILMA NÃO TEM PRINCÍPIO E NEM EXEMPLO DE PESSOA HONESTA, SE BASEADO NOS FEITOS DE TERRORISMO E DE ASSALTOS A BANCOS E OUTROS, COMO ROUBO DE ARMAS , 63 FUZIS.
(mandar por e-mail a todos os brasileiros)

quinta-feira, 25 de março de 2010

Carlos Henrique Gouveia de Mello. ADIVINHA QUEM USOU FALSAMENTE ESSE NOME.











Carlos Henrique Gouveia de Mello


Adivinha quem usou falsamente esse nome. LEIA ABAIXO:





JOSÉ DIRCEU ("Daniel")

- O mineiro José Dirceu de Oliveira e Silva tinha 19 anos por ocasião da Revolução de 1964. Nessa época, era estudante secundarista na cidade de São Paulo e já participava do movimento estudantil, filiado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB).Dois anos depois, já universitário, José Dirceu estava totalmente impregnado pelas idéias radicais de seu líder no PCB, Carlos Marighella, e o acompanhara na denominada "Corrente Revolucionária", criada dentro do partidão a fim de defender a luta armada. No final desse ano de 1966, ingressou na "Ala Marighella", tranformada, um ano depois, no Agrupamento Comunista de São Paulo (AC/SP).
- Em 1968, José Dirceu exercitava sua liderança como presidente da União Estadual dos Estudantes (UEE) insuflando os jovens a pegarem em armas, nem que fossem uns contra os outros. Foi assim que, no início de outubro, constituiu-se num dos líderes do conflito no qual se envolveram, na Rua Maria Antonia, cerca de um mil estudantes universitários da Faculdade de Filosofia da USP e do Mackenzie. Armados de correntes, porretes, revólveres e coquetéis molotov, os estudantes digladiaram-se numa verdadeira guerra campal, finda a qual um estudante morto (baleado na cabeça), dez outros feridos e cinco carros oficiais incendiados atestavam a virulência do ocorrido.Entretanto, a prisão de José Dirceu - então mais conhecido como "Daniel"
- Em 12 Out 68, durante a realização do 30º Congresso da UNE, em Ibiúna, impediu que ele prosseguisse nas suas estrepolias.Além da UEE/SP, quem mais sentiu a sua prisão foi a "Maçã Dourada", jovem plantada junto dele pelo DOPS, para colher informações.Ainda na prisão, acompanhou a transformação do AC/SP na Ação Libertadora Nacional (ALN).
- Em 05 Set 69, menos de um ano após sua prisão, foi um dos 15 militantes comunistas banidos para o México, em troca da vida do embaixador dos EUA, que havia sido seqüestrado no dia anterior, no Rio de Janeiro, pela ALN e pelo MR-8.Do México, "Daniel" seguiu para Cuba, onde, durante o ano de 1970, a partir de maio, participou de um Curso de Guerrilhas, no denominado "III Exército da ALN" ou "Grupo da Ilha" ou, ainda, "Grupo Primavera". Esse grupo, sentindo-se órfão com a morte de Marighella, rachou com a ALN (os divergentes passaram a ser conhecidos como o "Grupo dos 28"), dando origem à Dissidência da ALN (DI/ALN), mais tarde transformada no Movimento de Libertação Popular (MOLIPO).O MOLIPO foi uma organização de curta e triste história. A maioria do "Grupo dos 28" regressou ao Brasil, a fim de exercitar seu treinamento de ações terroristas. Entretanto, logo após chegarem ao país, os militantes foram caindo um a um, como peças de um dominó, cujo "armador", dizem, está vivo até hoje.
No total, José Dirceu permaneceu em Cuba durante 18 meses quando teria feito uma operação plástica nos olhos e no nariz, para voltar ao Brasil com segurança. Apesar dessa operação não ter sido confirmada - muitos dizem ser uma mentira deslavada -, José Dirceu só voltou ao Brasil em Abr 75, quando a luta armada já havia terminado.
Com o falso nome de "Carlos Henrique Gouveia de Mello", radicou-se em Cruzeiro d'Oeste, no Paraná, onde casou-se com uma ricaça da região, com quem teve um filho.No final de 79, regressou a Cuba, dizem que para retificar a antiga operação plástica (??).Depois de ter uma filha com uma portuguesa e ter mais uma filha em um relacionamento desconhecido, José Dirceu casou-se pela terceira vez, agora com sua atual mulher.
-Durante sua gestão na Casa Civil, em 2005, surgiram várias crises de corrupção como o Caso Waldomiro (Auxiliar direto de Dirceu) e "Mensalão" (compra de Deputados para votarem com o governo e /ou mudar de sigla partidária.
-Denunciado pelo Pres. do PTB Roberto Jefferson, como chefe do esquema de corrupção na compra de votos de parlamentares, juntamente com líderes do PT (Genuino, Delubio ,Marcelo Sereno e Silvio Pereira ) e o empresário Valério (Publicitário).
-Ex-Ministro Chefe da Casa Civil cuja função se viu forçado a pedir demissão. Está diretamente envolvido na corrupção da manipulação de verbas federais em favor de um projeto de tomada do poder pelo PT.
-Foi cassado por falta de decoro parlamentar.
-Atualmente é membro da Executiva do PT e é "lobista".

quarta-feira, 24 de março de 2010

CLUBE MILITAR CONVIDA.

CONVITE:


O Presidente do Clube Militar, Gen Ex Gilberto Barbosa de Figueiredo, tem o prazer de convidar V.Exª/V.Sª para a sessão solene em homenagem ao 46º aniversário da Revolução Democrática de 31 de março de 1964, a realizar-se no dia 31 de março de 2010, 4ª feira às 15 horas no salão nobre da sede principal na Avenida Rio Branco, 251 - 5º andar - centro - RJ/RJ, quando será proferida palestra sobre o tema: "O CLUBE MILITAR E A REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DE 31 DE MARÇO DE 1964", sendo palestrante o Gen Ex Jonas de Morais Correia Neto.

Confirmar presença até dia 25 Março 2010.
Traje: Esporte fino/ Militares a cargo de cada Força.
Telefones: (21)31258304. (21)31258314.
E-mail: comsocial@clubemilitar.com.br



terça-feira, 23 de março de 2010

URGENTE. Leiam isto sobre o inferno no Brasil




Uma coisa é certa:

A chegada ou não do inferno no Brasil, na situação em que se encontram os ânimos políticos e a inocência dos eleitores brasileiros, depende, única e exclusivamente, da posição que as Forças Armadas do Brasil tomarem.

Se as Forças Armadas Brasileiras quiserem apoiar os Irmãos Castro e a instalação da ditadura comunista no Brasil, os brasileiros viverão com o inferno dentro de suas casas, e não terá jeito.
MAS SE AS FORÇAS ARMADAS DO BRASIL NÃO SE ACOVARDAREM E REAGIREM CONTRA OS CASTROS E CONTRA A DITADURA COMUNISTA, COM CERTEZA, OS BRASILEIROS ESTARÃO A SALVO E PODERÃO VIVER EM PAZ E TRANQUILOS.

É isso aí, tá tudo nas mãos dos militares.

Lembram os senhores que em 1964 o Exército Brasileiro livrou o país das unhas do comunismo da então União Soviética que estava entrando no Brasil pelas mãos dos Irmãos Castros, do Lamarca, da Dilma guerrilheira, do Zé Dirceu, do Zé Genuino, do Lula, Fernando Henrique Cardoso, Brisola, brisola era mais do Uruguai onde ele tinha a maior parte de suas terras, jango seu cunhado, e do Infernal CHE, e muitos outros, TODOS ORIENTADOS PELA CARTILHA ESCRITA PELO LÚCIFER CARLOS MARIGHELLA. Este último tem uma cadeira cativa em primeiro lugar no inferno. Conheço essa Turma do Brasil toda.

Vocês que querem a liberdade dirijam-se até aos três Comandantes da Forças Armadas do Brasil e façam um requerimento, urgente, pedindo garantias individuais, por ação de cautela contra a Dilma e Lula e Irmãos Castro, e contra a ditadura comunista.

Façam urgente enquanto ainda existe exército no Brasil, pois ele está sendo extinto pelo Lula.

Eu sei das coisas.

NÃO ESTOU BRINCANDO NÃO.

ESTOU FALANDO SÉRIO.
(E ainda, prestem atenção na postagem abaixo que copiamos do BLOG: ferramula.blogspot.com que também serve de aviso a todos os brasileiros):





"terça-feira, 23 de março de 2010
NÃO ACREDITO NO QUE ESTOU LENDO PQP. - Um insólito "protesto" em favor da ditadura cubana ganha força na Câmara dos Deputados.


Deputados brasileiros propõem moção de apoio a Cuba
23 de março de 2010 8h 17


AE - Agencia Estado
Um insólito "protesto" em favor da ditadura cubana ganha força na Câmara dos Deputados.

O grupo parlamentar Brasil-Cuba, comandado pela deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), está recolhendo assinaturas em uma moção de solidariedade ao governo de Raúl Castro, enquanto dissidentes cubanos lançam uma apelo internacional contra o "crime de consciência" na ilha.

O texto da moção dos deputados trata o movimento de dissidentes em Cuba e as manifestações contra o regime dos irmãos Castro como uma "cruzada infame" fabricada contra a soberania, a independência, a dignidade e o heroísmo do povo cubano.

O documento servirá de contraponto a outra moção, apresentada na semana passada no plenário da Câmara, de "irrestrito apoio e solidariedade aos presos políticos que, em Cuba, lutam por liberdade e democracia". O requerimento foi retirado de votação, na quarta-feira, pelo presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), até que os líderes partidários discutam o encaminhamento que deverá ser dado ao documento. A reunião deverá ocorrer hoje.

"Na verdade, os virulentos ataques a Cuba escondem um alvo maior, que são as conquistas de governos populares comprometidos com a democracia e a justiça social das grandes maiorias da nossa América", diz a moção de apoio a Cuba.

Ela considera ainda haver uma "insistente campanha promovida por meios de comunicação intransigentemente comprometidos com a desinformação", despertando o ânimo dos políticos reacionários. Até agora, de acordo com dados da assessoria de Grazziotin, cerca de 30 deputados assinaram o documento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


A T E N Ç Ã O !!!


POVO DE SÃO PAULO !!!


POVO DO AMAZONAS !!!


NÃO VOTEM , NÃO REELEJAM VANESSA GRAZZIOTIN !!!


NÃO VOTEM E NEM REELEJAM MICHEL THEMER !!!


MANDEM ESSA TURMA "SENTAR PRAÇA" EM CUBA AO LADO DOS IRMÃOS CASTRO.


NEM O ZELAYA QUIS IR PARA CUBA.


VIVA CUBA LIVRE DESSA RAÇA
".

segunda-feira, 22 de março de 2010

PENEIRA PARA POLÍTICO

(Se achar que vale a pena, repasse esta estratégia para sua lista de contatos. Vamos fazer a nossa parte e melhorar o nosso país).


3 Peneiras

Quem acompanha o noticiário político deve ter observado que os pretensos candidatos a deputado estadual e federal já estão se posicionando para obter apoios importantes. Disputam o apoio dos partidos para serem os escolhidos a concorrer à vaga, dos prefeitos e dos empresários, tão logo sejam os escolhidos pelos partidos e finalmente chegam à nós, os eleitores.

Uma vez definidos os candidatos, cada pretendente vai começar a montar as estratégias pessoais de convencimento do eleitor de que ele é o melhor candidato para o representar.
Como a maioria dos eleitores fica perdido na hora de fazer a escolha, quero sugerir uma estratégia, muito útil para ajudar o eleitor nessa escolha:

É a estratégia das 3 peneiras:


1) O candidato está deixando no meio do caminho um mandato de vereador que lhe foi confiado para um exercício de 4 anos? (Quem abandona o mandato para o qual foi eleito desrespeita quem o elegeu)

2) Ele está envolvido em algum tipo de denúncia ou possui a tal da ficha suja? (Esteja muito consciente quanto a isto na hora de escolher o candidato. Nunca escolha quem tem ficha suja)

3) Você tem certeza que ele é o melhor candidato entre todos os que se apresentaram? (Investigue o currúculo e a história de vida dele)


Se o candidato passar imune às 3 peneiras, teremos uma chance enorme de melhorar a qualidade dos nossos políticos.

Claudio Müzel

"Quem tem o Poder não faz e quem quer fazer, não tem o Poder".
Covardia pior é deixar tudo como está! (Sergio Peron)

terça-feira, 16 de março de 2010

GENUINAMENTE, muito obrigado.


Políticos italianos mostram as cuecas... e não escondem dólares!


A cueca está na moda na política. No Brasil, temos a moda da cueca porta-dólares, modelito usado por sujeitos que apreciam arrecadar uma grana extra por debaixo dos panos. Já na Itália, a coisa é diferente. A onda é mostrar a peça íntima para protestar. Vereadores e subprefeitos de Roma, a capital italiana, abaixaram as calças e mostraram suas cuecas e calçolas para reclamar contra a política do prefeito romano, Gianni Alemanno (leia mais aqui). A mensagem do ato era afirmar que o prefeito "deixou [os vereadores] de cuecas", como dizia um dos cartazes levados pelos manifestantes.

O Editor do UOL Tabloide apoia a iniciativa e já está reivindicando a sua participação no próximo protesto para exibir sua cueca de crochê com bordados em forma de coração. Com certeza o modelito vai ser mais fashion do que a calçola da senhora da foto...


(Até aqui, notícia no UOL)


É certo que se quardem coisas de muito valor nas cuecas ou debaixo das tangas, e isso é desde que surgiram vestes e roupas na criação do homem, mas essa do Partido dos Trabalhadores PT, GENUINAMENTE, feita por um petista, é prática inovadora e revolucionária.


Enquanto se aprimora a atidude de proteção de coisas alheias nas cuecas no Brasil com lastreamento nacional através de outros Partidos Políticos (chegando até às meias dos pés humanos), é também exportada a idéia porém com finalidades inversas das brasileiras.


Na Itália, por exemplo, foi muito bem usada a moda da cueca para os políticos mostrarem que estão sem nada, e que debaixo das cuecas nada há além do legado nato usado como coadjuvante na continuidade da vida.


Não resta dúvida em que a criatividade do tal PTista brasileiro em esconder dinheiro nas cuecas, apesar da péssima repercução internacional, gerou, GENUINAMENTE, um ótimo resultado NO EXTERIOR.

sábado, 13 de março de 2010

Mensalão descobriu o Lula da Silva







Lula admite que Jefferson o alertou sobre o mensalão
(FOLHA DE S. PAULO. SÁBADO, 13 DE MARÇO DE 2010)
O presidente Lula vai reconhecer pela primeira vez que ouviu em março de 2005 do presidente do PTB, Roberto Jefferson, o alerta sobre o esquema para a compra de congressistas aliados, o mensalão. Isso acontecerá em resposta a questionário do Ministério Público Federal que consta de processo no STF. O mensalão foi revelado em entrevista de Jefferson à Folha três meses depois.
(fotos colocadas por este blog, identificando):
O de rosto destampado:...............Dep. Roberto Jefferson que revelou pro presidente Lula.
O que está tampando o rosto:....................................Lula da Silva (presidente do Brasil)
O de sunguinha, sozinho e vendo tudo caladinho:...... Lula da Silva (presidente do Brasil)

quinta-feira, 11 de março de 2010

http://www.escandalodomensalao.com.br/



A corrupção não tem graça nenhuma, pois ela é uma desgraça que nasce dentro da cabeça do corrupto, e este depois fica com cara de LOBISOMEM

Nos dois governos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diversos casos de corrupção sacudiram o País. O mais grave ficou conhecido como escândalo do mensalão. Dirigentes do PT foram denunciados por montar uma organização criminosa. Lula tratou de abafar investigações e proteger correligionários e aliados

Ilustração de Anamaria Mota, com base em foto de Dida Sampaio/AE, publicada em 18 de fevereiro de 2009


SITE:
http://www.escandalodomensalao.com.br/

Olha que Gracinha Desgraçada!


A corrupção não tem graça nenhuma, pois ela é uma desgraça que nasce dentro da cabeça do corrupto, e o corrupto fica com cara de LOBISOMEM.
LEIAM ESTE LIVRO.



Nos dois governos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diversos casos de corrupção sacudiram o País. O mais grave ficou conhecido como escândalo do mensalão. Dirigentes do PT foram denunciados por montar uma organização criminosa. Lula tratou de abafar investigações e proteger correligionários e aliados

Ilustração de Anamaria Mota, com base em foto de Dida Sampaio/AE, publicada em 18 de fevereiro de 2009


SITE:
http://www.escandalodomensalao.com.br/

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

(este blog agradece a sua visita)

O TEXTO ABAIXO É SEMELHANTE A UMA PÁGINA DA BÍBLIA, ISTO É, ESTARÁ SEMPRE ATUALIZADO, E SERÁ SEMPRE LEMBRADO, E SERÁ SEMPRE LIDO, E DEVERÁ SER SEMPRE SEGUIDO.

O TEXTO É, AGORA E SEMPRE SERÁ, UM REGISTRO VALIOSÍSSIMO QUE SERVIRÁ DE NORTE AOS CIDADÃOS HONESTOS, E AOS QUE FOREM PATRIOTAS DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS, E É ALUSIVO À CORAGEM DOS MILITARES LUIS ALVES DE LIMA E SILVA, E DO GENERAL DE EXÉRCITO MAYNARD MARQUES DE SANTA ROSA.(até aquí, escrito pelo blog)





Ternuma- Bsb

Portal



UM MORTAL SILÊNCIO



Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira



Ao longe um clarim lamentoso. Do frio metal um som dorido, pungente, magoado e tristonho. É o toque de silêncio. Os ouvintes compungidos abaixam a cabeça.

Uma dor amarga a nossa boca. Esvai-se mais uma esperança. Os olhos de todos se embaçam pela lágrima que não rolou, mas que foi engolida pela impotência, e desceu pela seca garganta. Por ora, calou-se a única voz de um militar da ativa capaz de emitir uma opinião sem medo. De denunciar o vergonhoso “establishment” que sombreia o futuro da Pátria.

Calou–se, penalizada pela prepotência, pelo desmando, pela ignomínia, pelo totalitarismo, pois a bem da verdade, aquela voz inspirou medo. Sufocou–se o alerta desinteressado, uma voz brasileira foi amordaçada, mas não se muda uma vírgula sequer do texto eivado de maléficas intenções e torpes objetivos.

Diante da infidelidade no sofá, retira-se o sofá. Esperamos que a imolação do General no altar da besta sirva de alerta para os incautos, para que dêem tratos à bola, e pensem. “Poxa”, se um General de Exercito, de altíssimo conceito foi capaz de expor–se contra alguma “coisa”, a “coisa”, “boa coisa não é”.

Nós militares perdemos e muito. O peso de um General de Exército entre nós é grande. Sabemos do crivo para chegar a tanto, as qualidades necessárias para atingir o ápice da carreira. O militar precisa ter estofo, caráter, atitude. O General Santa Rosa as teve e cultivou-as com desvelada atenção ao longo de sua carreira, e as manteve altaneiras, até no seu encerramento.

Porém, se de um lado o corneteiro, com toda a sua sensibilidade solta do fundo do peito acordes que tocam a nossa alma, lamentando o destino da voz amordaçada, por outro, festejemos a coragem e o exemplo do General. Por isso, Mestre da Banda inicie o dobrado “Fibra de Heróis”, em regozijo, pois, certamente, outros da mesma estirpe, incentivados pelo exemplo altaneiro do exonerado e intimorato Chefe, terão a hombridade de afrontar com dignidade, com a altivez do soldado a tantos quantos pérfidos e canalhas surgirem, mesmo que acobertados por uma distorcida democracia, construída para atender seus deploráveis desígnios.

Quem viver verá que a fibra do soldado não perece.



Ternuma Regional Brasília



Brasília, DF, 13 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 10 de março de 2010

O Exército Será apenas um "Grupo de Guardinhas"??


Estará o Presidente Lula (sentado) querendo transformar as atuais Forças Armadas Brasileiras em um "Simples Grupo de Guardinhas"? ?

Não acredito. !
A preocupação é tão grande e periga de tal forma uma possível deteriorização das Forças Armadas Brasileiras que nos leva a pensar que, por isso, o PROFESSOR DE DIREITO E ESCRITOR Ives Gandra Martins nos brinda com uma aula conforme abaixo, cujo texto podem conferir no http://www.ternuma.com.br/





Artigos

Forças Armadas e PNDH-3
Ives Gandra Martins
PROFESSOR DE DIREITO E ESCRITOR

Tenho-me debruçado sobre o PNDH-3, nos seus seis eixos diretores, 25 diretrizes com inúmeros objetivos estratégicos e 521 proposições.

Conheço alguns de seus inspiradores que, no passado, participaram comigo de debates em televisão e movimentos cívicos. Apesar de divergir de suas ideias – divergência, de rigor, sem possibilidade de conciliação imediata – respeito-os profundamente, pois, em toda a minha vida, sempre combati ideias e nunca pessoas.

Hoje, colocarei questão que me preocupa, na pretendida reformulação do sistema constitucional sobre as Forças Armadas e de segurança.

Pelo sistema atual, as Forças Armadas têm, nas polícias militares e estaduais, forças auxiliares, que poderão, em momento de crise, ser por elas comandadas, na manutenção da ordem.

Não sem razão, o artigo 142 da Constituição federal permite, se a lei e a ordem forem tisnadas por qualquer um dos três poderes, que as Forças Armadas sejam chamadas a restabelecêlas pelos poderes atingidos . E a Constituição é clara ao referirse à atuação para “garantia dos poderes constitucionais, e, por iniciativa de qualquer deles, da lei e da ordem”, como hipótese em que podem ser acionadas as forças militares.

Pelo novo PNDH-3 – apenas um plano programático, como o é o Decreto nº 7.037/09, que o veiculou –, as polícias deixam de ser forças auxiliares das Forças Armadas, passando a ser forças da reserva, mas não diretamente a elas subordinadas e sim a um Sistema Nacional de Segurança Pública orientada pela União.

Em outras palavras, criam-se dois regimes diferentes, autônomos e independentes, no máximo podendo as forças policiais ser forças de reserva das Forças Armadas, em caso de conflito externo. Deixam de ser forças auxiliares, e sua direção ficará a cargo de um sistema centralizado, o que fere a autonomia federativa dos estados, ao subordiná-los a um controle superior da União.

Teríamos, pois, de rigor – a não ser que os projetos de emenda constitucional a serem enviados apresentem outro modelo – dois sistemas armados distintos, ficando as Forças Armadas reduzidas ao combate de eventual inimigo externo, pois, nas crises internas, o Sistema Nacional de Segurança Pública – aliás, com um contingente de pessoas muito maior que o das Forças Armadas – terminará por agir, sob a direção da União. Calculase, hoje, que as forças policiais estaduais ultrapassem em três vezes os efetivos das Forças Armadas.

Não creio seja a melhor solução o enfraquecimento das Forças Armadas. A centralização fere, a meu ver, o pacto federativo das polícias estaduais, e a eliminação do papel de forças auxiliares das Forças Armadas, nos termos hoje colocados na lei suprema, é preocupante.

Acresce-se à mudança o fato de que o desarmamento – que foi derrotado em plebiscito – será imposto à população brasileira, com o que os riscos da hipervalorização do Sistema de Segurança Nacional, centralizado em mãos do poder central, poderá gerar intranquilidade institucional, mormente – não é o quadro atual, tenho certeza – se um presidente da República mais inclinado a seguir o modelo criado pela figura histriônica do semiditador Chávez, no futuro, fizer uso, pro domo sua, de seu poder sobre o Sistema Controlador das Unidades Federativas, neutralizando as Forças Armadas. De rigor, os membros das Forças Armadas têm uma preparação profissional acadêmica e militar mais demorada e abrangente do que as forças policiais.

A questão do PNDH-3 merece, pois, amplo debate, antes que venha a ser implantado pelo governo, com a edição de projetos de emenda constitucional e de lei. E um dos pontos a serem debatidos

LULA é o "Fidel Castro Brasileiro"




Quando Lula comparou os presos políticos de Fidel Castro aos bandidos do Brasil se esqueceu de mostrar, pelo menos, a diferença do tratamento dispensado aos presos de modo geral.




Os presos políticos de Cuba recebem um tratamento MUITO PIOR do que os bandidos do Brasil, mas o mais gritante é que Lula deixa transparecer a troca de ordens e de influências e de governança com seu FRATERNAL DITADOR Fidel Castro.

Tanto Fidel Castro e Raul conseguem influenciar Lula aquí no Brasil, e até com efeito de eficácia ao triunfo da DITADURA E FECHAMENTO DA IMPRENSA E DIMINUIÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL, quanto Lula, em contra partida, demonstra ser decidido nos assuntos de Cuba Comunista, chegando a ser efetivamente o principal peso, por exemplo, na opressão aos cidadãos cubanos que discordam da ditadura, e peso importantíssimo quanto à prisão dos dissidentes, tanto que, negou pela segunda vez, ter recebido a segunda carta dos presos políticos de Cuba. e ainda criticou e culpou a ORLANDO ZAPATA pela própria morte.

É sabido que, na situação eternizante das torturas sofridas por ZAPATA, ele não tinha mais meios de acabar com as torturas, o sofrimento era muito e contínuo, e sem perspectiva de ve-los findar.

Diante da vida desumana proporcionada pelos ditadores Fidel e Raul Castro a ele ZAPATA a aos outros presos, foi obrigado a optar pelo único meio que lhe era disponível para findar as torturas, e o ÚNICO MEIO ERA A MORTE, e o único meio de se chegar à morte era parando de se alimentar.

É bom lembrar que os ditadores cruéis não preferem matar, preferem sim torturar, (PARA AMEDRONTAR SUPOSTOS FUTUROS DISSIDENTES)por isso lamentaram a morte de ORLANDO ZAPATA, o que revelou o maior cinismo.

Na verdade não foi cinismo dos ditadores, foi sim verdadeiramente lamentações dos ditadores e torturadores, pois lamentaram a perda de um escudo e de uma peça a ser torturada e ser usada como exemplo para AMEDROTAR OUTROS CUBANOS.

Lula também lamentou.

Lula culpou o morto pela própria morte.

Parecia até que Lula iria mandar PRENDER O MORTO.



É incrível

terça-feira, 9 de março de 2010

O Câncer tem Cura

www.ocancertemcura.forum-livre.com






RECEBI ESSE E-MAIL DO SR. ARTHUR HINGEL

LEIAM TODOS:





Babosa no combate ao Câncer e outras doenças
De:Arthur Hingel

Escrever Adicionar Bate-papoPara:acuranaturaldacandida@gmail.com

Escrever Adicionar Bate-papoAssunto:Babosa no combate ao Câncer e outras doenças Data:08/03/2010 23:24
Para sua segurança, imagens externas não são exibidas automaticamente.
Mostrar imagens deste e-mail Sempre mostrar as imagens
As imagens externas estão sendo exibidas. Não mostrar as imagens

Não mostrar mais esta mensagemCancelar Continuar Tive um Câncer de bexiga grau 2 invasivo, e os médicos não tinham outra alternativa, tinham que retirar a minha bexiga, próstata... Iria urinar pelo ânus ou pelo umbigo... Com a cirurgia já marcada, tive um sonho em que uma pessoa me mostrava várias coisas para curar diversas doenças, quando chegou no câncer eu acordei e não me lembrava o que era, fiquei atormentado alguns dias tentando me lembrar daquele sonho que me pareceu tão real... Foi quando um amigo me ligou e me disse se eu queria emprestado um livro onde dizia que câncer tinha cura... Aceitei e quando vi a capa do livro me veio na mente, como um filme todo o sonho...
Na capa do livro havia uma foto da BABOSA, então fiz o preparado e fiquei curado completamente!
Hoje tenho a minha bexiga novinha!

O livro se chama: O CÂNCER TÊM CURA do Frei Romano Zago. Posso provar com exames de antes da BABOSA e depois da BABOSA...

A Aloe Vera cura câncer seja ele onde estiver. São milhares de casos de cura de câncer através da Aloe Vera.
O concentrado de babosa não é bom somente para câncer... Ele também cura muitas outras doenças como Tuberculose, Diabetes, Hipertensão, Ulcera, Gastrite, Esofagite, Azia, Refluxo, Asma, Bronquite, Artrose, Osteoporose, Sinusites, Otites, Alergias, Acnes, Celulites, Estrias, Rugas, Cicatrizes, Úlceras de Pressão, Úlceras Varicosas, Úlceras Venosas, Queimaduras, Feridas Lacerativas, Prisão de Ventre, Obesidade, Queima de Gordura Localizada, Problemas Renais, Digestivos...
e também regularia todo o nosso metabolismo, inclusive a nossa flora intestinal.

Primeiro a babosa age no organismo fazendo uma "faxina". Depois ele fortalece o sistema imunológico, dando mais resistência ao corpo. Além disso, combate os invasores (vírus, bactérias, fungos...) e controla todo o corpo, pondo "ordem na casa" (regularizando o intestino). Com isso, faz o câncer retroceder, visto que o mesmo trata-se de um fungo ou uma célula deficiente. A babosa, por sua vez, também controla os hormônios do corpo. Com isso a insulina se normaliza, o nível de glicose no sangue baixa e o portador de diabetes não depende mais de injetar tal hormônio. É como se ele dissesse ao pâncreas "para deixar de ser preguiçoso e produzir insulina de boa qualidade". Com isso são beneficiados o Pâncreas, Fígado, Intestino, etc...

A babosa também normaliza a pressão arterial, pois possui uma propriedade inibidora da peptidil dipeptidase. Ele inibe a enzima conversora da angiotensina (ECA) que catalisa a conversão da angiotensina I ao peptídeo vasoconstritor, angiotensina II. A angiotensina II estimula também a secreção de aldosterona pelo córtex adrenal. A inibição da ECA resulta em concentrações diminuídas de angiotensina II, as quais resultam em diminuição da atividade vasopressora e redução da secreção de aldosterona. Resumindo: A pressão arterial normaliza e o risco de infarto ou derrame é quase nulo.

Além de todos os benefícios acima relatados, a babosa diminui e muito os indesejáveis efeitos da quimioterapia e radioterapia.

Visite o fórum: www.ocancertemcura.forum-livre.com leia os testemunhos, tire suas dúvidas e aprenda a fazer você mesmo o verdadeiro Preparado de Babosa.

Um grandioso abraço,
Arthur Hingel

segunda-feira, 8 de março de 2010

Gen Ex Armando L. M. de Paiva Chaves

Ternuma- Bsb

Portal




VOZ DA CONSCIÊNCIA
Ternuma Regional Brasília
Gen Ex Armando L. M. de Paiva Chaves

CRÔNICA 35 (28 Fev 2010)

O Partido dos Trabalhadores já oficializou, em convençăo nacional, seu programa para o próximo governo e homologou sua candidata à Presidęncia, escolhida por Lula à revelia do partido. O programa, aceito sem objeçőes pela candidata, dá idéia nítida do que será sua implementaçăo: um ponto final "PT" ao exercício da democracia.

Em páginas mais distantes da História, registram-se casos de utilizaçăo dos instrumentos consagrados pela democracia para amplificaçăo do autoritarismo até o ápice da ditadura, como o da ascensăo de Hitler ao poder supremo.

Recentemente, a Venezuela acorda nossa consciência para a vigilância sobre os mesmos métodos. Com o consentimento da oposiçăo, que escolheu a opçăo errada de
boicotar eleiçőes parlamentares, Chávez tem domínio absoluto sobre o Congresso e escolhe a dedo partidários seus para integrarem a Justiça. Constrangendo, até pelo uso de força armada, manifestaçőes contrárias, mobiliza seus simpatizantes, em referendos populares, para aprovaçăo de seus planos, que começam pela permanência indefinida no poder, sob o argumento de consolidar a revoluçăo bolivariana, socialista-comunista.

Aqui năo vemos, até agora, a oposiçăo se manifestar sobre o pleito deste ano. Nem mesmo tem confirmado candidato à Presidęncia, pelos partidos mais expressivos. Será que seguirăo o caminho das oposiçőes venezuelanas, deixando à Marina Silva e a Ciro Gomes a responsabilidade pelo embate eleitoral?

O que pasma e preocupa o cidadăo comprometido com a democracia representativa e com a coexistência de três poderes autônomos é, ao que tudo indica, o crescimento do PT, sem adversários que lhe façam frente. Suas figuras mais expressivas influíram significativamente na adoçăo de um programa que năo esconde os objetivos de implantaçăo de governo socialista-marxista.

Na primeira eleiçăo de Lula, a necessidade de aplacar desconfianças do empresariado e do eleitorado democrático resultou na Carta aos Brasileiros, que lhe garantiu a confiabilidade antes discutida. Agora, os altos índices de sua popularidade e o engajamento total em fazer a sucessora aparentemente consideraram dispensável a utilizaçăo de uma nova pele de cordeiro. Entretanto, tanto a candidata como seus principais colaboradores tęm passado que năo pode ser esquecido.

Com armas na măo, treinados que foram para a guerrilha, em Cuba e outros países, os atentados que praticaram constituem prova da periculosidade de sua ideologia, que năo escolhe caminhos para atingir o objetivo final de reviver aqui o fracassado comunismo. A bomba no do aeroporto de Recife, os seqüestros de embaixadores, os assassinatos do americano Charles Chandler à vista de sua esposa e filhos pequenos, do soldado Kozel que cumpria seu dever de sentinela de quartel, do tenente Alberto Mendes Júnior a coronhadas, depois de se ter oferecido refém para proteger seus subordinados, o "justiçamento" de companheiros caídos em desgraça, săo alguns dos muitos crimes cometidos.

É um passado de que năo se arrependem, até mesmo dele se orgulham. Seus nomes săo conhecidos, pelos cargos que ocupam ou ocuparam. Dilma, José Dirceu, Franklin Martins, Vanucchi, Marco Aurélio Garcia, Fernando Pimentel, Tarso Genro estăo em mais evidęncia, mas há centenas de outros que perseguem os mesmos objetivos, instalados em rendosas sinecuras a que foram guindados pelas benesses do atual governo.

Cabe, a todos os que năo desejam opositores fuzilados ou presos de consciência morrendo em greve de fome, como em Cuba, sem uma palavra de alento de nosso governo, que năo querem ver manifestaçőes populares dissolvidas à bala, como no Iră e na Venezuela, abrir os olhos e, mais do que isso, abrir a boca, para que o mesmo năo aconteça aqui.

Chegou a hora de explorar ao máximo a capacidade de penetraçăo da internet. É o amplificador que dá a todos o recurso para exercer o direito de crítica, interrogar candidatos, administradores, congressistas, dirigentes de partidos, membros do Judiciário e do Ministério Público, cobrar silęncios e omissőes da mídia, defender as idéias políticas em que acreditam.

. Já correm notícias de que o partido do ponto final, inspirado na campanha eleitoral de Obama, está se mobilizando para usá-la, em toda sua força de penetraçăo. É hora, pois, de fazerem o mesmo, e ainda mais, os que năo querem morrer condenados por sua própria consciência, os que se opőem à perda de garantias e direitos, configurada no Plano Nacional de Direitos Humanos e homologada no programa do PT.

É hora de fazer ouvir a voz da consciência

Pergunta-se: Fidel pagará pelos crimes?
















Vejam abaixo o texto que revela o declínio da confiança no Regime do Fidel e do raul de Cuba, amigos de Lula.
O texto no original tem sua tradução em português logo em sguida.

Depois da leitura, o internauta pode se perguntar:
Mesmo que o regime da ditadura do Fidel Castro enfraqueça e Fidel e Raul venha perder um pouco do poder,

1) COMO A COMUNIDADE INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS VAI FAZER PARA PUNIR FIDEL CASTRO PELAS MORTES QUE PROPORCIONOU EM CUBA?

2) E POR QUE OS ESTADOS UNIDOS NÃO SALVARAM OS CUBANOS DA TIRANIA DO FIDEL, PARA INSTALAR A DEMOCRACIA EM CUBA, ASSIM COMO FIZERAM COM O IRAQUE E ENFORCARAM O DITADOR SADAN HOUSSEN?


(no original)
El aumento del pesimismo y las constantes manifestaciones de disgusto dentro de las filas del Partido Comunista de Cuba, se han convertido en una gran preocupación para los dirigentes de la decadente organización, que desde hace varios años viene sufriendo un constante decrecimiento de sus integrantes.

Los núcleos del partido cada vez son más disfuncionales, debido a que en muchos de ellos, sus miembros a penas hacen reuniones y cuando las hacen, muy pocos dan su opinión sobre algún tema.

Las actas que supuestamente deben recoger las opiniones y deberían irse redactando durante los encuentros, son hechas por algún miembro en su casa, donde por lo general inventa su contenido, agrega las opiniones de los miembros que no hablaron y censura los comentarios que puedan ser mal interpretados, porque es obligatorio que todos hablen y sobre todo, deben decir la respuesta correcta o se puede tomar como problema ideológico.

Los materiales que se deben discutir en los círculos de estudio, prácticamente nadie los lee, pues es considerado como una pérdida de tiempo; al igual que coger cargos dentro de los núcleos, esto es visto como una forma de buscarse problemas con los demás, porque "hay que caerle detrás a los demás miembros, para que cumplan con sus funciones y paguen la cotización", expresó un militante.

A los militantes del Partido que piden la baja, en algunas ocasiones se les amenaza, diciéndoles que pueden perder el puesto de trabajo -en caso de que ocupen algún cargo administrativo- y van a ser marcados para toda la vida.

Por otro lado, alcanzar puestos importantes dentro de la organización es difícil, especialmente para los más jóvenes, debido a la falta de confianza que desde hace tiempo prevalece sobre ellos. Todo parece indicar, que son los más interesados en crear un cambio de política en la isla.

La buena vida que la mayoría de los altos dirigentes están llevando, frente a la actual situación económica que azota a la Isla, también ha influido sobre el descontento de la militancia, que está dejando de creer en un sistema que nadie entiende y da muestra de no estar hecho para crear bienestar, ni prosperidad al pueblo, pero sí a los dirigentes.

http://www.payolibre...as2.php/?id=5995








(Tradução do espanhol para o português-tradutor google)






O pessimismo aumentou e expressões constantes de repulsa nas fileiras do Partido Comunista de Cuba, tornou-se uma grande preocupação para os líderes da organização em decomposição, que há anos tem sofrido um declínio constante dos seus membros.

Os núcleos do partido estão se tornando cada vez mais disfuncional, porque em muitos deles membros mal têm reuniões e quando o fazem, poucos dão a sua opinião sobre um assunto.

Os registros que deveriam recolher opiniões e escrita deve ir a dois, são feitos por qualquer membro em casa, que normalmente faz o seu conteúdo, adicione as opiniões dos membros que não falava e censurar os comentários que pode estar errado interpretado, é obrigatório que todos falam e acima de tudo, devo dizer que a resposta correta ou você pode tomar como um problema ideológico.

Os materiais devem ser discutidas em círculos de estudo, praticamente ninguém lê, é considerado um desperdício de tempo, bem como tomar posições nos núcleos, isto é visto como uma maneira de ter problemas com os outros, porque "Você tem que gostar de trás os outros membros para cumprir suas funções e pagar o preço", disse um militante.

A membros do partido solicitando a baixa, por vezes ameaçando-os, dizendo-lhes que eles estão para perder o emprego se-ocupar qualquer cargo administrativo e será marcado para a vida.

Por outro lado, alcançar importantes cargos dentro da organização é difícil, especialmente para os mais jovens, devido à falta de confiança que há muito tempo prevaleceu sobre eles. Parece que estão mais interessados na criação de uma mudança política na ilha.

A boa vida que a maioria dos líderes seniores estão a ser comparado com a actual situação económica que assola a ilha, também influenciou o descontentamento da militância, que está deixando de acreditar em um sistema que ninguém entende e dá exemplo não podem ser feitas para criar bem-estar e prosperidade para o povo, mas os líderes.

kakakaka..Olha o que a Dilma Vai fazer com Você

Isso foi copiado do: caranovanocongresso.blogspot.com

Isso, kakakaka dizem que a TIA DA DILMA. mas eu acho que é a "PRÓPRIA DILMA AMANHÃ"

OLHA O QUE A DILMA VAI FAZER COM VOCÊ, DEPOIS QUE VOCÊ VOTAR NELA.
Não se assuste.
Assista pelo menos duas vezes seguidas.
Não ria pouco, pois isso faz parte da professia sobre o terrorismo de dilma.kakakakaka.



(Para ouvir melhor o som do vídeo, clique com o direito do mouse na rádio CBN no alto da página à esqueda, e clique em "parar")

domingo, 7 de março de 2010

AOS CRISTÃOS=LULA É AJUDADO POR FEITICEIROS.

Valores do candomblé, umbanda e vudu receberão mais proteção estatal
Julio Severo

No Dia da Consciência Negra, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve em evento no Rio de Janeiro onde anunciou o Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, com o objetivo de dar atenção especial às práticas religiosas que sofrem preconceito no Brasil e impor punições drásticas às fontes do preconceito. De acordo com o jornal O Globo, pais e mães-de-santo assim como líderes presbiterianos e católicos participaram do evento.

O babalaô Ivanir dos Santos, sacerdote da tradição iorubá, saiu do encontro satisfeito.

— Foi muito bom. Saímos com a certeza de que o presidente vai elaborar um plano de combate à intolerância religiosa e um projeto de lei para ser enviado ao Congresso, em parceria com esse fórum de religiosos e reunindo os ministérios da Justiça, da Igualdade Racial, das Comunicações e a Casa Civil.

Inclusividade: impondo igualdade entre Cristianismo e as religiões afro-brasileiras
Em nome da CNBB, Dom Antônio Duarte, bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio, manifestou o apoio da Igreja Católica aos pais e mães-de-santo na luta para eliminar o estigma que envolve as religiões afro-brasileiras:

— Todos reafirmamos nosso apoio à reivindicação, porque a diversidade e a riqueza religiosa é um fato incontestável.

Tal “diversidade e riqueza religiosa” estão bem ao gosto de Lula. Embora se considere católico, em visita à África antes da eleição presidencial em 2006, Lula teve uma forte experiência espiritual em Benin, país que é berço do vudu.

Ao som de tambores africanos, de acordo com o jornal O Globo, Lula “passou a tarde toda sendo reverenciado com orações e danças feitas por feiticeiros vudus, líderes tribais e pelos descendentes de escravos brasileiros que formam uma espécie de colônia em Ouidá, nos arredores de Cotonou, capital do paupérrimo Benin”.

Os feiticeiros garantiram que Lula ganhou em Benin três fortes espíritos para o “ajudarem”.

Quem é que pode saber agora que tipo de “ajuda” e inspiração esses e outros espíritos andam dando a Lula? Tudo o que se sabe é que a meta do governo dele agora é impor a igualdade dos valores cristãos e os valores ocultistas.

Para onde as leis anti-discriminação levarão o Brasil?
Contudo, sua política de combate à intolerância religiosa provocará dois grandes prejuízos.

1. O Estado imporá uma igualdade artificial, pois não há igualdade real nenhuma entre Jesus Cristo e os falsos deuses do candomblé, umbanda e outras religiões afro-brasileiras. Além disso, a maioria do povo brasileiro é católico, religião que oficialmente não aceita a bruxaria.

2. Cristãos ex-pais-de-santo que derem testemunhos de sua vida anterior nas religiões afro-brasileiras poderão ser incriminados meramente por expressarem suas opiniões bíblicas sobre essas religiões.

O Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa é semelhante ao Programa Brasil Sem Homofobia. Na questão homossexual, o governo vem mostrando sua disposição de transformar em crime até mesmo opiniões e expressões contrárias ao homossexualismo. Em sua política de combate à intolerância religiosa, o governo fará o que em favor das religiões afro-brasileiras?

A pobreza imensa que Lula testemunhou em Benin não é fruto de algum preconceito racial da natureza contra aquele povo. As tradições de Benin estão profundamente enraizadas em práticas que o Cristianismo classifica como bruxaria. O vudu, que teve origem em Benin, não traz amor, paz, vida e prosperidade a seus praticantes. Benin é testemunha disso.

A aceitação da bruxaria leva inevitavelmente uma nação à pobreza e destruição. O Haiti é exemplo disso. Mas os valores do Cristianismo engrandecem um país. O passado glorioso recente da Inglaterra e dos EUA são testemunhas disso.

Colaboracionismo cristão?
Logo depois da reunião no Rio de Janeiro, o pastor presbiteriano Marco Amaral destacou sua presença como representante de “milhões de evangélicos”, dizendo:

— Não queremos apenas tolerância, que pressupõe alguma intolerância. Queremos que haja respeito. O cristianismo dialoga, é inclusivo.

A opinião pessoal de Amaral, porém, contrasta fortemente com a tradição cristã e judaica, que não ensina nem tolerância nem inclusividade com relação a práticas ocultistas. A Bíblia diz:

“Não deixem que no meio do povo haja adivinhos ou pessoas que tiram sortes; não tolerem feiticeiros, nem quem faz despachos, nem os que invocam os espíritos dos mortos. O SENHOR Deus detesta os que praticam essas coisas nojentas.” (Deuteronômio 18:10-12 NTLH)

Essa passagem bíblica, que é normativa para cristãos e judeus praticantes, está em oposição às intenções do governo Lula, que não só deseja tratar como cultura dos afro-descendentes as práticas religiosas vindas da África (como candomblé, vudu, etc.), mas também colocá-las no mesmo nível de importância com o Cristianismo.

Como medida inicial, o Plano de Combate à Intolerância Religiosa afetará diretamente a educação, pois estabelece a aplicação imediata da Lei 10.693, sancionada por Lula em 2003, que obriga as escolas públicas e particulares a ensinar História da África e Cultura Afro-Brasileira. O plano também inclui a ação das delegacias de todo o Brasil para combater a intolerância religiosa.

Lula escolheu o Rio de Janeiro onde anunciar seu plano porque o Rio tem duas características:

1. Transformou em feriado oficial o dia 20 de novembro como Dia da Consciência Negra.

2. Tem aplicado com rigor a Lei 7716/89, a chamada Lei Caó, que estabelece a igualdade racial e o crime de intolerância religiosa.

Além disso, o Rio procura ser pioneiro na criminalização do “racismo religioso”, promovendo campanhas e eventos nessa direção. O evento mais recente é o “III Fórum criminal racismo é crime!”, em que serão abordados os temas da intolerância religiosa, racial e homofobia. O evento, de 26 a 28 de novembro na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, terá a participação do babalaô Ivanir dos Santos, membro da Comissão de Combate a Intolerância Religiosa, e terá o apoio do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro e do Instituto Palmares de Direitos Humanos.

Promovendo o relativismo religioso
A proteção especial à “cultura” afro-descendente é apenas parte de um pacote que envolve também a proteção de práticas que o Cristianismo histórico considera feitiçaria. É a velha estratégia socialista de provocar luta de classes. Nesse caso, é a luta de classes levada ao nível religioso, onde o próprio governo dará favorecimentos a uma cultura religiosa em nome do combate ao preconceito. Apesar disso, alguns cristãos parecem realmente acreditar nas boas intenções do governo.

Fenômeno semelhante vem ocorrendo na defesa estatal ao estabelecimento de leis para proteger os homossexuais do Brasil contra o que parece ser, a julgar pelo modo paranóico com que a mídia liberal trata, um “holocausto” homossexual, ou “homocausto”.

No entanto, a aprovação de leis para dar proteção especial aos homossexuais é apenas parte de um pacote que envolve censura bizarra e a eliminação do direito de expressão dos cristãos. Na mentalidade estatal sob possessão socialista, a dignidade e o valor do homossexualismo são mais importantes do que o direito de dar opiniões.

Apesar disso, alguns cristãos, super-convictos de que Lula e o socialismo têm boas intenções para o Brasil, vendem-se às loucuras politicamente corretas do governo. Embora o Vaticano condene de forma categórica a agenda gay, o Padre Luiz Couto, que é deputado federal do PT, aprovou novas medidas para fortalecer o programa federal Brasil Sem Homofobia e defendeu o investimento de 10 milhões de reais do bolso do trabalhador brasileiro para essa finalidade.

Dessa forma, usando a velha tática socialista do engano, o governo Lula atrai o apoio de evangélicos e católicos para políticas e programas de promoção do relativismo religioso e sexual. No final, essas políticas acabarão demonstrando ser uma grande emboscada para os cristãos, pois ao impor ampla aplicação nacional da Lei Caó, o governo Lula legitimará a perseguição religiosa em nome da tolerância religiosa.

As ameaças dessa lei de igualdade racial são tão grandes que os próprios ativistas homossexuais querem pegar carona nela para poderem oficialmente perseguir os opositores da agenda gay. O PLC 122, que é visto por muitos como armadilha contra os cristãos, nada mais é do que um tentativa de incluir na Lei Caó o “crime” de preconceito contra a orientação sexual.

Poucos, porém, enxergam essas ameaças. Num evento contra o PLC 122 em agosto de 2007 no Rio, ouvi o Dep. Bispo Manoel Ferreira e o Senador Marcelo Crivella dizerem que, embora sejam contra o PLC 122, eles aprovarão todas as leis anti-preconceito. Como aliados do governo, eles têm de fazer isso, mas nesse evento declarei pessoalmente ao Senador Crivella: “Os cristãos que aprovam tais leis estão cavando a própria sepultura”.

Cristãos na contramão do Estado-deus-pagão
De que forma o combate à intolerância religiosa fomentado pelo governo Lula poderá implicar em prejuízos para evangélicos e católicos?

Dois exemplos reais dão amostra do que está por vir:

No Rio, o pastor da Igreja Evangélica Assembléia de Deus Trabalhadores da Última Hora fez o que o governo, apesar de toda a carga de impostos que cobra, não faz: reabilitar um criminoso. O Pr. Isaías da Silva Andrade recebeu em sua igreja Rodrigo Carvalho Cruz, conhecido como “Tico”, acusado como autor de roubo e a morte do turista italiano George Morassi, em novembro de 2007. Ali, Tico recebeu o Evangelho e aceitou Jesus.

Em seguida, o pastor aconselhou o criminoso arrependido a se entregar para a polícia. Na delegacia, o pastor, inocentemente, relatou: “Tico estava possuído por uma legião de demônios, como o Exu Caveira e o Zé Pilintra. Fizemos uma libertação nele e o convencemos a se entregar hoje”. Por causa dessa declaração, o pastor, que é afro-descendente, caiu vítima da Lei Caó, sendo denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por prática de preconceito religioso contra as entidades do candomblé.

Fazendo aplicação do artigo 20 da Lei Caó, a promotora Márcia Teixeira Velasco fez questão de ser a autora da denúncia contra o pastor afro-descendente, expressando a opinião de que o candomblé e seus praticantes “foram atingidos diretamente com a declaração racista e discriminatória, eis que o denunciado vilipendiou entidades espirituais da matriz africana, com a espúria finalidade de proteção de autor de nefasto crime”.

O caso, que está sendo acompanhado pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, onde o babalaô Ivanir dos Santos é membro, é o primeiro onde um pastor é denunciado criminalmente por “discriminar” religiões afro-brasileiras como o candomblé. Se condenado, o pastor pode pegar de dois a cinco anos de cadeia.

Outro caso surpreendente envolveu o Pe. Jonas Abib, autor do livro, “Sim, Sim! Não, Não! Reflexões de Cura e Libertação”, que adverte os leitores contra os perigos do ocultismo, inclusive as religiões afro-brasileiras. De acordo com o site do Pe. Abib, o livro já teve 81 reimpressões e vendeu mais de 400 mil exemplares. O site também diz:

“Pe. Jonas, assim como Paulo, ousadamente denuncia as obras das trevas, levando o leitor a se conscientizar sobre o controle da mente, a ioga, a astrologia, a magia e a evocação dos mortos, revelando a verdade sobre as obras das trevas, com as quais é preciso romper urgentemente”.

Contudo, autoridades baianas confiscaram todos os livros do padre no estado da Bahia. O promotor público Almiro Sena acusou Abib de “fazer declarações falsas e discriminatórias sobre o espiritismo e sobre as religiões da África, como a umbanda e o candomblé, assim como incitação flagrante à destruição e desrespeito a seus objetos de culto”.

Ele acrescentou que a violação é mais grave porque “a Constituição estadual [da Bahia] diz que é obrigação do Estado preservar e garantir a integridade, respeitabilidade e permanência dos valores das religiões afro-brasileiras”.

O Pr. Isaías da Silva Andrade e o Pe. Jonas Abib nada mais fizeram do que conscientizar e ajudar pessoas debaixo da opressão e engano de práticas ocultistas.

Deve o destino de Benin ser imposto ao Brasil?
Numa época em que o Estado procura se distanciar tanto dos valores cristãos, é de estranhar sua aproximação aos valores ocultistas. Onde está a tão proclamada separação de Estado e religião?

O preço do combate estatal à intolerância religiosa é a satanização das leis, onde o Estado sob possessão socialista sacralizará o que não é sagrado, trazendo como conseqüência direta a demonização do Cristianismo e seus valores, e a censura e perseguição aos cristãos.

Vale a pena abrir o Brasil ainda mais aos mesmos tipos de espíritos que Lula conheceu e recebeu em Benin? Vale a pena colocar as práticas ocultistas de Benin e outros lugares da África no mesmo nível de importância dos valores cristãos?

Benin prova não só a colossal miséria que essas práticas geram, mas também que uma nação inteira pode ser enganada e amaldiçoada. No que depender de Lula e dos espíritos que ele trouxe de Benin, dias difíceis estão para vir ao Brasil.

Que Deus possa livrar o Brasil de políticos e legisladores que querem impor o destino de Benin aos brasileiros.

Fonte: www.juliosevero.com

conhecendooscandidatos.blogspot.com

conhecendooscandidatos.blogspot.com
Excelente blog.
Solicitamos ao blogueiro do blog: conhecendooscandidatos.blogspot.com que coloque mais nomes de mais candidatos para que os eleitores tomem conhecimento dos candidatos com ficha suja.
Muito obrigado

sábado, 6 de março de 2010

ZÉ DIRCEU, Outro Rosto.



































































































José Dirceu de Oliveira e Silva

Em 1961, mudou-se de Minas para São Paulo onde iniciou o curso de direito em 1965, e demorou 18 anos para terminar o curso em 1983 pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). O que ele ficou fazendo nesses 18 anos? Não conseguia passar nas provas não? Certamente que conseguiria passar sim, por isso a pergunta é: O que ele fivou fazendo nesse tempo todo, se o curso dura apenas 5 anos e ele demorou 18. Mas, olha só:

Preso, Zé Dirceu foi ajudado por sequestradores. Zé Dirceu foi libertado por exigência dos terroristas e seqüestradores do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick (eram 15 presos).

Foi exilado quando trabalhou e se escolou em Cuba. De forma clandestina, veio ao Brasil duas vezes. As duas vezes de forma ilegal. Da primeira vez ficou de 1971 a 1972. Na segunda vez, de novo contra a lei, veio em 1974 quando ficou em Cruzeiro do oeste no paraná (se ele era de Minas, o que ficou fazendo no Paraná?), ficou 5 anos naquele lugar, no Paraná, (segundo sua biografia). Perduado pela lei da anistia, voltou, novamente á militância política.

A lei que perduou a Zé Dirceu foi sancionada por um Presidente Militar. (Seria injusto o Zé Dirceu dizer que tem ódio dos militares)

Participou ativamente da fundação do "PT", em 1980. De 1981 a 1983, foi secretário de Formação Política do PT; de 1983 a 1987, secretário-geral do Diretório Regional do PT de São Paulo.

Em 1995 assumiu a presidência do PT, sendo reeleito por três vezes. Em 2002, se licenciou para participar do governo do Lula.

Em janeiro de 2003, José Dirceu assumiu a cadeira de deputado federal, mas logo se licenciou para assumir a função de ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, (amigo de Lula, "companheiro") mas depois com o advento dos assuntos do mensalão, foi cassado, perdeu o mandato por causa dos mensalões no Congresso (cãmara dos deputados) e perdeu também os direitos políticos por 8 anos.

Agora, vamos pedir a Deus que Zé Dirceu continue uma conduta pacífica e boa e sem se envolver com guerrilheiros e sequestradores para evitar que venha ele precisar novamente da ajuda deles.

Obs. Não se pode confundir MENSALÃO, com DINHEIRO NA CUECA.

Dinheiro na CUECA é história ligada a nome parecido com JENUINO

Também não podemos misturar CUECAS COM MEIAS.

Dinheiro nas MEIAS é assunto ligado a nomes parecidos com ARRUDA

Viram na foto como LULA é amigo de ARRUDA?

sexta-feira, 5 de março de 2010

Os Mineiros não gostam de ASSALTANTE DE BANCOS

Clique na foto patra AMPLIAR.




MINEIROS NÃO GOSTAM DE ASSALTANTE DE BANCOS





Em desvantagem no SE, Dilma apela para sua origem mineira


A ministra e presidenciável petista Dilma Rousseff concentrará sua agenda nos últimos dias de governo e nos primeiros fora dele em São Paulo, Rio Grande do Sul e, principalmente, Minas Gerais, informa reportagem de Ana Flor, Valdo Cruz e Maria Clara Cabral, publicada nesta sexta-feira (5) pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Segundo a reportagem, é no Estado onde nasceu --Minas-- que a coordenação de sua campanha planeja uma "viagem sentimental" nos primeiros dias de abril, para reforçar sua identidade mineira.

Dentro da estratégia, está acertado que o vice-presidente José Alencar irá acompanhá-la em boa parte de sua agenda em Minas, onde não descarta ser candidato ao governo ou ao Senado caso seus próximos exames médicos mostrem que tem condições de enfrentar a disputa eleitoral em 2010.

A Folha informa que a decisão de focar sua campanha no eixo Sul-Sudeste se deve ao fato de seu desempenho ainda não ser considerado satisfatório nessas regiões.

Leia a reportagem completa na Folha desta sexta-feira, que já está nas bancas.


Assine a Folha

quinta-feira, 4 de março de 2010

Ação Radical Contra o Comunismo Ditatorial

O COMUNISMO ESTÁ CHEGANDO AO BRASIL PELAS MÃOS DOS PETISTAS (pt).




























(ORLANDO ZAPATA, da foto *1953. +2010 foi morto vítima da ditadura de Fidel Castro que é amigo de Lula)
O Brasil não tem mais jeito através do voto.

Pelo voto, o comunismo ditatorial do Lula tomará conta do Brasil e seremos todos escravizados.

Temos que tomar o poder com a ajuda das Forças Armadas Brasileiras e abrirmos novas eleições diretas do povo com candidatos diferentes e candidatos não ligados às falcatruas que estão por aí afora.

Ou tomemos o poder ou seremos tomados pelo Governo Lula. Em breve, seremos invadidos dentro da nossa casa pela polícia do Lula e seremos obrigados a sair e dar lugar a quem o Lula bem desejar. Olha que na área rural já está acontecendo isso: O pessoal do Lula invade, isto é o pessoal do MST(esse pessoal é do Lula), esse pessoal invade, entra, se instala e fica sendo dono e pronto, e, depois fica IMPOSSÍVEL A JUSTIÇA TIRAR, E SE VOCÊ, QUE FOI INVADIDO, QUISER TER UM LUGAR NOVAMENTE, TERÁ QUE INVADIR TAMBÉM. Isso é anarquia e não democracia. Primeiro vem a anarquia pra depois se instalar o comunismo ditatorial.

O COMUNISMO ESTÁ CHEGANDO AO BRASIL PELAS MÃOS DOS PETISTAS (pt).

Temos que impedir isso, urgente.